O surgimento da Saia

0

A saia é usada para compor um look sexy ou elegante, adquiriu diferentes cortes e comprimentos com o passar das décadas – evasê, balonê, rodada, curta, longa -, mas você sabe como ela surgiu?

A peça já era vista desde a pré-história e foram os homens que a usaram primeiro. O historiador e professor de moda João Braga conta:

“Na antiguidade não havia diferenças entre os sexos, apenas roupas mais larguinhas – pros homens – e mais justas – pras mulheres. A diferenciação aconteceu somente após o fim da Idade Média”.

A saia virou uma peça de uso (quase) exclusivo das mulheres no século XII, quando as mais fashionistas a usavam com o corpete em modelos compridos ou com calda. No período do Renascimento, a partir do século XIV, as mais acinturadas eram usadas na estratégia de sedução.

Nos anos 1920, foi a vez de Coco Chanel trazer os modelos mais charmosos e elegantes, com saias na altura das canelas – a famosa saia mídi! “As criadas por Chanel consistiam em proteger o joelho da mulher quando ela se ajoelhasse – a peça deveria permanecer abaixo do joelho e não levantar”, explica João.

Na década de 1940, Dior inovou e lançou os primeiros modelos balonê, lápis e rodado. A estilista Mary Quant foi responsável por ousar e criar a primeira minissaia, somente na década de 1960.

Fonte: Revista Glamour

Share.

About Author

Leave A Reply